Espaço democrático

Homenagem do Bloco Rosas da Boa Vista

Homenagem do Bloco Rosas da Boa Vista
Ao grande Gregório Bezerra
Ocorreu um erro neste gadget
Loading...
Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 2 de dezembro de 2012

São muitos partidos e poucos princípios

SÃO MUITOS PARTIDOS E POUCOS PRINCÍPIOS
Por: Gilson Silva

Você sabe qual é o mais novo partido político no Brasil? É, pois é, o novo partido é o PEN (Partido Ecológico Nacional), teve sua criação aprovada pelo TSE em 19 de junho de 2012. Cuidado PV, vai perder espaço! Esse tal partido: PEN, defende a Social Democracia Cristã e quem se filia a ele é considerado ecologista, já pensou? O seu simbolo é o trevo de quatro folhas e qualquer um que for concorrer a um cargo eletivo nele, deverá obrigatoriamente em momento anterior da apresentação de sua inscrição como candidato, comprovar que participou do curso de formação partidária. É isto que rege no seu estatuto. Que danado, esse indivíduo aprende nesse curso, em? Depois deste, vem, possivelmente, o PAI (Partido do Aposentado e do Idoso), segundo os seus organizadores o PAI, que será uma “mãe” para eles, não tem nada a ver com o PAN (Partido dos Aposentados da Nação), será? Este PAI, tem a simpatia até do senador Paulo Paim (PT/RS) que apoio à iniciativa. Além deste PAI, uns 12 outros partidos estão em processo de formação no Brasil e um deles é o PMB: Partido da Mulher Brasileira. Desde 2008, a presidente do PMB, Suêd Haidar, percorre o país em busca de assinaturas para o registro definitivo do partido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – mesmo processo pelo qual passou o PSD, de Gilberto Kassab. O Partido da Mulher Brasileira (PMB) já conseguiu 478 mil e faltam 75 mil assinaturas. Este partido já montou diretórios em 11 estados e somente três presidentes regionais são mulheres. Uma curiosidade: uma militante não entrou para a sigla (PMB) porque o marido foi contra. Olha o machismo aí gente! Um PMB já existiu e Sílvio Santos foi filiado ao mesmo, às pressas, este partido se chamava PMB (Partido Municipalista Brasileiro) Sílvio entrou nele para concorrer a eleição e em 1989, ele foi afastado e o partido perdeu o seu registro no TSE. Já o PMB dos militares (o Partido Militar Brasileiro), segundo eles: dos 7 passos pra chegarem lá (registro do partido), só faltam 4 passos, o 4º PASSO – CNPJ, o 5º PASSO – Coleta de 483.000 assinaturas de apoio, o 6º PASSO – Apresentação aos Cartórios eleitorais das fichas de apoiamento e o último, o 7º – PASSO – De Posse do Registro no TSE. A disputa vai ser “boa” entre os militares e as mulheres pela legenda. São muitos partidos para poucos princípios, são geralmente algo para os líderes dos mesmos se locupletarem, terem o poder nas mãos e para quer? Isto é outra história!