Espaço democrático

Homenagem do Bloco Rosas da Boa Vista

Homenagem do Bloco Rosas da Boa Vista
Ao grande Gregório Bezerra
Loading...

domingo, 2 de dezembro de 2012

São muitos partidos e poucos princípios

SÃO MUITOS PARTIDOS E POUCOS PRINCÍPIOS
Por: Gilson Silva

Você sabe qual é o mais novo partido político no Brasil? É, pois é, o novo partido é o PEN (Partido Ecológico Nacional), teve sua criação aprovada pelo TSE em 19 de junho de 2012. Cuidado PV, vai perder espaço! Esse tal partido: PEN, defende a Social Democracia Cristã e quem se filia a ele é considerado ecologista, já pensou? O seu simbolo é o trevo de quatro folhas e qualquer um que for concorrer a um cargo eletivo nele, deverá obrigatoriamente em momento anterior da apresentação de sua inscrição como candidato, comprovar que participou do curso de formação partidária. É isto que rege no seu estatuto. Que danado, esse indivíduo aprende nesse curso, em? Depois deste, vem, possivelmente, o PAI (Partido do Aposentado e do Idoso), segundo os seus organizadores o PAI, que será uma “mãe” para eles, não tem nada a ver com o PAN (Partido dos Aposentados da Nação), será? Este PAI, tem a simpatia até do senador Paulo Paim (PT/RS) que apoio à iniciativa. Além deste PAI, uns 12 outros partidos estão em processo de formação no Brasil e um deles é o PMB: Partido da Mulher Brasileira. Desde 2008, a presidente do PMB, Suêd Haidar, percorre o país em busca de assinaturas para o registro definitivo do partido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – mesmo processo pelo qual passou o PSD, de Gilberto Kassab. O Partido da Mulher Brasileira (PMB) já conseguiu 478 mil e faltam 75 mil assinaturas. Este partido já montou diretórios em 11 estados e somente três presidentes regionais são mulheres. Uma curiosidade: uma militante não entrou para a sigla (PMB) porque o marido foi contra. Olha o machismo aí gente! Um PMB já existiu e Sílvio Santos foi filiado ao mesmo, às pressas, este partido se chamava PMB (Partido Municipalista Brasileiro) Sílvio entrou nele para concorrer a eleição e em 1989, ele foi afastado e o partido perdeu o seu registro no TSE. Já o PMB dos militares (o Partido Militar Brasileiro), segundo eles: dos 7 passos pra chegarem lá (registro do partido), só faltam 4 passos, o 4º PASSO – CNPJ, o 5º PASSO – Coleta de 483.000 assinaturas de apoio, o 6º PASSO – Apresentação aos Cartórios eleitorais das fichas de apoiamento e o último, o 7º – PASSO – De Posse do Registro no TSE. A disputa vai ser “boa” entre os militares e as mulheres pela legenda. São muitos partidos para poucos princípios, são geralmente algo para os líderes dos mesmos se locupletarem, terem o poder nas mãos e para quer? Isto é outra história!